Abertura Temporada 2017

São Bento do Sul deu inicio a temporada 2017 do Velocross Catarinense. A prova realizada na pista da Expoama, válida pelo Campeonato Catarinense e Copa ProTork Contestado, fora realizada em um final de semana de tempo instável, alternando ondas de calor e muita chuva, elevando o nível de dificuldade para pilotos e organizadores. Pilotos de todas as partes do estado de Santa Catarina e vários pilotos vindos do Paraná deram um show de Velocross, lotando os gates cheios e disputando provas de alto nível.

_SRW1608 (Copy)

Rodrigo Taborda – Colombo PR – foi o grande nome do dia ao vencer as principais categorias (VX1 e VX2). Rafael Faria – Rio Branco do Sul – venceu a Nacional 230ccPró e por um bom tempo manteve a dianteira na VX1, porem errou no final da prova e deixou o caminho livre para Taborda passar e garantir a vitória. Na VX1, Leandro Lemos foi pressionado algumas voltas por Lucas Gadotti, porém Lucas acabou dando margem à erro e Lelê garantiu a terceira posição.

_SRW1724 (Copy)
Na VX2, enquanto Rodrigo Taborda abria vantagem na liderança a disputa pela segunda posição, protagonizada por Jacson Keil e Lucas Gadotti, foi intensa. Lucas aproveitou um erro de Jacson e conseguiu passar garantindo a segunda posição.
Na Força Livre Nacional, outro paranaense ficou com a vitória. Embaixo de muita chuva, Deivid Souza imprimou um forte ritmo e se manteve firme até o final e confirmou a vitória. Deivid Vargas aproveitou os erros dos adversários e garantiu a segunda posição, seguido por Jackson Heining.

DSC_2077 (Copy)
Na Nacional 230cc Pró, Rafael Faria disparou na frente e venceu de ponta a ponta. Jean Grosskopf andou isolado na segunda posição com Luiz Gustavo Fila completando os três primeiros. Na 230cc Intermediaria, o piloto da casa, Casa Keil ficou com a vitória, suportando a pressão imposta por Darlei Weiss nas 2 ultimas voltas.

DSC_2048 (Copy)
A categoria Nacional 230cc Standart teve gate cheio e disputa intensa pela vitória. Daniel Melchert liderou boa parte da prova, mas Maicon Kramer foi aumentando o ritmo e nas ultimas voltas conseguiu assumir aponta e liderou até a bandeirada. Leonardo foi segundo e Alexandro da Silva completou os três primeiros.

DSC_1930 (Copy)

Pela Nacional 160cc, Mikael Klock fez uma largada discreta mas com uma tocada forte foi ganhando posições a cada volta, até assumir a ponta e vencer a prova. Logo atrás, João Machado garantiu a segunda posição.
Entre os Veteranos, Fabiano Barg o Tilico, voltou ao campeonato após alguns anos afastado e deu um tempero a mais na VX3. Fabiano liderou boa parte da prova, mas Leandro Lemos soube a hora certa de atacar e confirmou a vitória. Elvis Schimitz venceu a disputa com Braz dos Santos e garantiu a terceira posição.

_SRW9837 (Copy)
Entre os pilotos da VX4, Alexandro Medeiros dominou a VX4 Especial e ficou com a vitória, seguido por Braz dos Santos. Na VX4 nacional, Alexandro voltou a pista e garantiu mais uma vitória, após vencer a disputa com Moacir Esidio.

DSC_1515 (Copy)

_SRW9827 (Copy)

Na VX3 Nacional, disputa intensa nas 3 primeiras voltas. Regis Zonta começou na frente, seguido por Alex Pena e Volnei da Fonseca. Regis acabou errando e perdeu contato com os líderes. Volnei conseguiu assumir a ponta e manteve um bom ritmo até confirmar a vitória.
Na Intermediaria Especial, a pista ainda estava pesada e foi o maior adversário dos pilotos. Edevaldo Faes se aproveitou dos erros dos líderes e garantiu a vitória. Rafael Antunes, largou na 11ª posição e foi subindo a cada volta, para terminar em segundo.

_SRW0360 (Copy)
Nas categorias de base, o piloto da casa Mateus Boneti dominou a Minimotos e saiu com a vitória. Victor Hugo Pereira foi o segundo e Davi Greuel completou os três primeiros.

DSC_1473 (Copy)

Na 65cc, Vinicius dos Santos suportou a pressão imposta por Otavio da Silva e garantiu a vitória. Vinicius Boing mesmo com uma pequena queda completou com a terceira posição.

_SRW1208 (Copy)
A Junior correu debaixo de muito chuva, e Erick Caetano levou a melhor, depois de suportar a pressão de Victor Tidre boa parte da prova. Carlos Augusto Gervasi voltou ao campeonato e garantiu a terceira posição.

DSC_1418 (Copy)

Juliano José Hans venceu a disputa pela Intermediária Nacional, seguido por Rodrigo Voigt e Everton Stracke.

DSC_1581 (Copy)

A Copa Pro Tork Contestado de Velocross conta com o patrocínio da Pro Tork, maior fabricante de motopeças da américa latina. Shell, que através de sua representante Agricopel distribui (entre uma gama de produtos) em todo o estado a linha Shell Advance, composta por óleos específicos para motos com excelentes características de desempenho, alcançadas através da mistura cuidadosa de óleos básicos de qualidade e da aplicação do know-how de formulação da Shell.

E nossos apoiadores, Nenê Motos, KG Motos, Bio Gás Urban, Pé no Estribo, MX Center e Roni Racing.

Os créditos para as belas imagens que ilustram a matéria são de Street Show Souza.